MTG Commander 2020 reveals five new three-color commanders

The yearly Commander pre-constructed deck releases for Magic: The Gathering have become a staple of the game. With the upcoming release of Ikoria: Lair of Behemoths, the latest decks come with an interesting twist. All five Commanders will be from Ikoria, the plane from the newest set. Now, Gavin Verhay, Senior Designer and Writer for Magic: The Gathering, has released previews of the five newest three-color commanders.

Welcome to Ikoria

Each of these commanders is unique because, while the commanders all depict characters from Ikoria, they will not be included in the standard set. Verhay outlines Wizards’ key design philosophies in his article, where he also announces the return of the smash-hit Partner mechanic.

Good morning, Magic players! We are officially IN #MTGIkoria preview season! To kick it off, I run through all 5 new Commander decks and what they do… Plus, talk about an important reprint in them! (Want more? See my DailyMTG article: https://magic.wizards.com/en/articles/archive/card-preview/ikoria-commander-2020-04-03 …)#wotcstaff

Embedded video

By playing this video you agree to Twitter’s use of cookies

This use may include analytics, personalization, and ads.

Gavi, Nest Warden – Timeless Wisdom

The first spoiler is the Jeskai commander Gavi, Nest Warden. Cycling has returned in Ikoria: Lair of Behemoths after its most recent appearance in Ahmonket block, and Gavi is a new commander based around enabling lots of cycling.

Gavi’s first ability allows you to cycle the first card for free every turn. This could prove very powerful when paired with cards that have additional effects upon cycling, like Nimble Obstructionist. It also pairs well with cards that allow you to cycle a card multiple times, notably Abandoned Sarcophagus. Gavi looks like a powerful tool for tempo decks, enabling players to gain card selection and a board presence simultaneously.

Jirina Kudro – Ruthless Regiment

Jirina Kudro is the new Mardu commander, and she represents more support for human tribal commander decks. Verhay notes that, up until now, there was no dedicated commander tribal that actually had the creature type ‘Human’. Jirina serves as Wizards’ remedy to that issue.

With 3/3, an effective enter the battlefield ability, and a very powerful offensive anthem ability, it’s hard to argue with the sheer cost efficiency of this creature. Jirina helps compensate for one of the weaknesses of Human tribal decks, too, allowing them to recover from multiple board wipes more easily with more tokens every time you cast her.

Kathril, Aspect Warper – Symbiotic Swarm

Kathril, Aspect Warper, the new Abzan commander, is one of Ikoria’s newest mechanics turned up to 11. Ikoria has introduced the concept of keyword counters – counters that function like the classic -1/-1 and +1/+1 counters but instead grant keywords such as flying, trample, or others. Kathril continues the tradition of similarly colored commanders caring about the graveyard. It takes keywords from creatures in your graveyard and spreads them across your whole team. No doubt, this card will show up in Commander circles for years to come.

Otrimi, the Ever-Playful – Enhanced Evolution

Otrimi, the Ever-Playful, the newest commander from the color shard of Sultai, highlights one of Ikoria‘s keystone mechanics: Mutate. Much like Bestow from Theros, this allows creatures to combine, forming one enormous beast to trample your opponents with. With a huge power, great Mutate cost, and the ability to recur other Mutate creatures from your graveyard, Otrimi is clearly the go-to general for players looking to build around this newest mechanic.

Kalamax, the Stormsire – Arcane Maelstrom

The final deck, belonging to the Temur shard, features the enormous storm dinosaur Kalamax, the Stormsire, who helps you copy spells and grows in size as you do. Kalamax is an interesting turn in Commander design because most spell-oriented commanders have mechanics that care about instants or sorceries. Kalamax focuses entirely on instants, which lends itself to the instant-speed focused colors in Temur.

As more is revealed about the upcoming MTG Commander decks, stay tuned to Daily Esports for more updates.

Source: Read Full Article

3.6 Rank rates the top 50 Project M players of all time

The 3.6 Rank has rated the top 50 Project M version 3.6 players of all time. Ryan “Sabre” Weinberg revealed the rankings via Smashboards from Feb. 17 – April 2. Version 3.6 was the final version of Super Smash Bros. Brawl mod Project M prior to Project+. As a result, 3.6 was the primary version of Project M used by the competitive community for about four years.

Though Project+ began development in 2018, it has become increasingly popular since the release of version 2.0 earlier this month. To commemorate this next phase for Project M, Sabre created a ranking to honor the best players of its previous phase.

The Project M 3.6 rankings are as follows:

  1. Xayya “ThundeRzReiGN” Thammavongsa
  2. Jonathan Sosa
  3. Malachi Covington
  4. Zachary “Lunchables” Sain
  5. Kyle “Switch” Carlon
  6. Nick “Flipp” Filippides
  7. Arjun “Junebug” Rao
  8. Forrest Griffin
  9. Alex “Hyperflame” Mireles
  10. Tyler “Fuzz” Graves
  11. Michael “techboy” Leleniewski
  12. Brian “dvd” Sherbert
  13. Raseen “BaconPancakes” Khan
  14. Arjun “lloD” Malhotra
  15. Kyle “Kysce” Carrero
  16. Evan “Sothe” Cunningham
  17. Pete “Envy” Grieco
  18. Anthony Gallo
  19. Brandon “StereoKiDD” Boom
  20. Jose “Jose V” Villasana
  21. Aaron “Professor Pro” Thomas
  22. Dustin “Darc” Hayes
  23. Michael “Emukiller” Silbernagel
  24. Jake “Frozen” Somma
  25. David “iPunchKidsz” Vargas
  26. Messiah “Phresh” Williams
  27. Brian “Blank” Sosa
  28. Parker “Boringman” Boring
  29. Will “Twisty” Gomez
  30. Antoine “Anther” Sledge
  31. Peter “Pikmon” Woodworth
  32. Michael “LUCK” Provonsil
  33. Aleck “Aki” Henderson
  34. Kevin “The Doctor” Ascate
  35. Jacob “Dirtboy” Smith
  36. Rob “Oracle” Dickson
  37. Joshua “Morsecode762” Morse
  38. Brad “Rongunshu” Sanderson
  39. Jake “Venom” Hefner
  40. Neil “Filthy Casual” Goel
  41. Corey “Machiavelli” Fields
  42. Adam “Strong Badam” Oliver
  43. Aidan Shea
  44. Thomas “Silver” Manning
  45. Luke “Yung Quaff” Ferris
  46. Ivan “Ivayne” Castaneda
  47. Nick Boiko
  48. Giovanny “ilovebagelz” Garcia
  49. Kyler “XYK” Curtis
  50. Juan “Hungrybox” DeBiedma

A closer look at the 3.6 Rank

ThundeRzReiGN earned his spot at No. 1 on the 3.6 Rank through several years of consistently high-level performances. He was considered the best Project M player in the world throughout both 2016 and 2017. While he was semi-retired in 2018, he still earned a spot on every PMRank, never ranking lower than No. 4.

As the only other players to finish 1st on a PMRank, Sosa and Malachi understandably round out the top 3. Malachi has finished in the top 5 for every Project M season since the PMRank began in 2016. While Sosa was inactive in 2019, he was consistently ranked top 3 in the world from 2016 to 2018.

Considering he is a top 25 Melee player, it is impressive that lloD has found ever greater success with PM. He is one of many active Super Smash Bros. Melee players to reach even greater heights in Project M. Others include Forrest, Professor Pro, Morsecode762, and ilovebagelz. Conversely, Hungrybox only finished as No. 50 on the 3.6 Rank, despite being the best Melee player in the world.

Source: Read Full Article

CouRageJD shows off amazing Jett clip in Valorant early access game

The long wait is over, and there’s finally real footage of Riot Games’ Valorant out in the open. Content creators are now able to showcase gameplay from the early access event they were invited to last weekend. A plethora of streamers are live on Twitch watching their own gameplay and the prerecorded Twitch Rivals event. If you want early access to the Valorant beta, you must be watching these streams. If you do manage to get access to the beta, then you can play Valorant on April 7 and get to play as of all of the Agents. You might even be lucky enough to secure a clip like the one Jack “CouRageJD” Dunlop has shown off with Jett on social media.

Jett proves to be overpowered in Valorant clip by CouRageJD

Yesterday, Riot Games released a gameplay trailer of a new Agent, Jett. This elusive speedster is perfect for those players who like to zoom around the map quickly and play aggressively. Overwatch fans can compare her to Hanzo, as they both possess wall-climbing abilities.

However, perhaps the deadliest part about Jett is her Ultimate Ability, Blade Storm. This ability equips several deadly throwing knives that can kill in one headshot. Pair this with Jett’s Dash ability and there’s no stopping her. 100 Thieves star CouRageJD shows off just how unstoppable she can be in this Valorant clip.

1v5…
Save round…
They already planted bomb…

This is the most insane Valorant clutch ever…

Embedded video

By playing this video you agree to Twitter’s use of cookies

This use may include analytics, personalization, and ads.

Obviously a crazy series of events, CouRage takes full advantage of Jett’s abilities to secure the 1v5 clutch. Being able to throw down a smoke cloud and then dash over it is extremely useful. This, along with the Blade Storm ability and some nifty shooting, nets CouRage the round.

With Valorant designed the way it is, this won’t be the only crazy clip we see. Players from all skill levels should be able to pull off feats like this when the closed beta arrives on April 7.

Will you try to play the beta? Let us know, and keep up with Daily Esports for all Valorant news.

Source: Read Full Article

Iberian team-owned One Tap League launches

Team-owned Counter-Strike: Global Offensive competition One Tap League has launched for the Iberian region.

Several Spanish and Portuguese teams have come together to establish the league.

RELATED: FunPlus Phoenix welcomed as founding team of FLASHPOINT

Vodafone Giants, x6tence, Movistar Riders, Cream Esports, OFFSET Esports, Team Queso, and Wizards Esports Club, have all founded the league alongside tournament organiser CABAL esports.

The One Tap League will have a prize pool of over €50,000 (£44,073.72) and is set to start in April. Other organisations from the Iberian region can participate in the league through qualifiers.

RELATED: FLASHPOINT launches as first team-owned CS:GO league

Details for the league – including its dates, format, and the casting talent that have signed on – are expected to be announced in the near future. At the time of writing, it hasn’t been disclosed as to whether the founding teams had to buy into the project.

FLASHPOINT, slated as the first team-owned CS:GO league, is currently hosting its inaugural season. Its eight founding teams are FunPlus Phoenix, Envy Gaming (owner of Team Envy), Immortals Gaming Club (owner of MIBR), OverActive Media (owner of MAD Lions), Cloud9, Gen.G, Dignitas, and c0ntact Gaming.

Esports Insider says: We’re not saying the One Tap League has been spurred on by FLASHPOINT, but the timing may suggest that. We know it takes a long time to plan and execute a product with so many founding parties, though, so that has to be taken into consideration. Either way, it’s good to see a league established for a region that’s typically under-represented in the CS:GO scene.

Read The Esports Journal

Source: Read Full Article

Bale und Dyballa mit bei FIFA-Stream gegen Corona – FIFA

Combat Corona heißt das Projekt, bei dem am 05. April viele Fußballstars wie Gareth Bale und Paulo Dybala live auf Twitch gegeneinander spielen werden.

Unter dem Hashtag CombatCorona werden die Stars gegeneinander in FIFA 20 antreten. Und die Liste der Namen kann sich sehen lassen:

  • Gareth Bale von Real Madrid
  • Paolo Dybala von Juventus Turin
  • Luke Shaw von Manchester United
  • Daniel James von Manchester United
  • Jordan Pickford vom FC Everton
  • Dominic Calvert-Lewin vom FC Everton
  • Mason Mount vom FC Chelsea
  • Ruben Loftus-Cheek vom FC Chelsea
  • Billy Gilmour vom FC Chelsea
  • Kieran Tierney vom FC Arsenal

Doch nicht nur bei den Spielern fährt das Event groß auf. Auch die Hosts kennen die meisten, die schon mal mit FIFA in Berührung gekommen sind. Dazu gehören:

  • Castro1021, einer der größten FIFA-Streamer weltweit
  • Spencer Owen, Host bei vielen Esportevents von EA Sports
  • Chunkz, Musiker
  • Harry Pinero

FIFA-Fans dürfen also ein Event mit starker Besetzung und ordentlich Produktionsqualität erwarten. Hoffentlich werden auch die Spendengelder den Namen am Ende gerecht ausfallen.

Werdet ihr euch das Event anschauen? Sagt es uns auf Social Media!

Source: Read Full Article

VALORANT: TrilluXe, WarOwl und Co. – Das sind die ersten Gameplay-Eindrücke – Valorant

Endlich gibt es Gameplay: VALORANT ist seit heute auf Twitch und YouTube zu sehen – und das Gameplay scheint den Profis zu gefallen. Wir sammeln nach und nach Gameplay-Eindrücke für euch.

Eine handvoll Streamer durfte vorab schon VALORANT anzocken und darf auch schon vor der großen Closed Beta auf Twitch streamen – zumindest Material, was vorab aufgezeichnet wurde.

Der CS:GO-Stream TrilluXe hat direkt ein Erklärvideo veröffentlicht, wo er die Spielarten beschreibt. So wird im Wettbewerb im MR12 und mit 1:40 Minuten Roundtime gespielt. Dazu sind die Maps sehr clean und die Waffen sollen vom Gefühl stark an CS:GO erinnern.

Auch Maps mit drei Bombenspots sind im Pool von VALORANT.

Der internationale Streamer WarOwl hat ebenfalls ein Review veröffentlicht und geht vor allem auch auf die einzelne Charaktere ein.

In einem Gameplayvideo zeigen Ex-Profis wie Fatih “gob b” Dayik, wie sie in einem 5on5 spielen.

Diverse Streamer zeigen VALORANT, wie Riot Games in einem Twitterpost verkündete. Mit dabei sind große Namen wie TrilluXe, HandOfBlood oder PietSmiet.

Wie ihr an einen Beta-Key kommt, haben wir hier für euch erklärt! Ab dem 7. April ist die Closed Beta für Gamer mit Zugang spielbar.

Freut ihr auf VALORANT? Schreibt es uns bei Facebook, Twitter oder Instagram!

Bildquelle: VALORANT/TrilluXe

Source: Read Full Article

CS: GO: Smooya é liberado do Chaos Roster

Smooya é liberada como pandemia causa problemas contínuos de viagens

Owen "Smooya" Butterfield foi removido permanentemente da lista CS: GO do Chaos Esports Club, revelou a organização hoje no Twitter. O franco-atirador britânico havia sido incluído na lista ativa no início deste mês devido a problemas de visto. À medida que os problemas de viagem continuam em meio à pandemia de coronavírus em andamento, Smooya foi permanentemente liberado do Caos e agora atua como agente livre.

Smooya ingressou no Chaos Esports Club em janeiro deste ano, fazendo sua primeira carreira na América do Norte. Após a assinatura de Smooya, o Chaos terminou em 5º e 8º na 3ª Temporada da Winners League e em 5º e 6º na 33ª ESEA MDL. Smooya levou a equipe à vitória sobre o MIBR em sua primeira partida, liderando scoreboard com 48 mortes e uma classificação de 1.38.

Surto envia Smooya para casa

Após derrubar o MIBR, Smooya foi atingido por problemas de visto que não puderam ser resolvidos rapidamente devido ao atual surto de COVID-19. Ele foi transferido para o banco e retornou ao Reino Unido. À medida que a pandemia continuou a se espalhar, o Flashpoint e outros eventos de e-sports foram movidos online. Outras restrições de viagem impedem Smooya de se reunir com o esquadrão do Caos nos Estados Unidos. A equipe anunciou hoje que Smooya foi removido permanentemente da lista e agora é um agente livre.

Smooya abordou esse desenvolvimento de maneira Tweet próprio, explicando que ele estará transmitindo nos próximos dias e está pronto para preencher qualquer equipe que precise de um substituto. Ele continua nos seguintes TWEETAR, mencionando a lista de jogadores, gerentes e treinadores do Chaos Esports Club CS: GO como aqueles que "fizeram [seus] 2-3 meses nos Estados Unidos tão acolhedores".

Atualmente, não se sabe quando ou onde Smooya competirá em seguida.

Source: Read Full Article

Hyp de Paris Eternal se aposenta da Liga Overwatch

Damien "HyP" Souville, curandeiro flexível para Paris Eterna, anunciou sua aposentadoria pelo Twitter.

Como a Liga Overwatch está mudando para um modo online completo, todas as suas equipes estão tentando encontrar seu lugar no meio do caos. A primeira mudança ocorreu com o Los Angeles Valiant, que libertaram dois membros de sua equipe de treinamento devido a restrições econômicas. Hoje, é hora de o Paris Eternal perder um jogador – e não qualquer jogador.

Damien "HyP" Souville é o curandeiro do Paris Eternal desde a criação da equipe, em 2018. Ele formou uma dupla de apoio icônica com Harrison "Kruise" Pond, apoiado por Luís "Greyy" Perestrelo. Apesar dos resultados mistos e do 14º lugar na Liga Overwatch, o Paris Eternal impressionou e Souville não era estranho a isso.

Em 2019, Souville participou da Copa do Mundo de Overwatch com a Team France. Os franceses terminaram na quarta posição, perdendo a medalha de bronze para os atuais campeões da equipe Coréia do Sul.

Para esta temporada da Liga 2020 de Overwatch, Paris Eternal recrutou mais um jogador de apoio: Brice "FDGod" Monsçavoir. Apesar de ter um novo competidor no time, Souville manteve seu lugar na lista principal, muitas vezes jogando com Monsçavoir como curandeiro.

Anúncio da aposentadoria

Hoje, Souville anunciou no Twitter sua decisão de deixar o Paris Eternal e a Liga Overwatch. "Tomei a decisão de interromper minha carreira na Overwatch e, portanto, deixei o Paris Eternal e a Liga Overwatch", escreveu ele no Twitter. "Foi uma escolha muito complicada de fazer, certamente a mais difícil que tive na minha vida, mas o mais importante é que essa decisão é a melhor para mim, para o meu bem-estar e minha saúde".

Em sua mensagem, Souville disse que estava interrompendo sua carreira no Overwatch – não toda a sua carreira no esports. Ele entrará em outro jogo, como o tão esperado Valorant? O hype em torno de Riot Games novo FPS está subindo todos os dias. Não seria uma surpresa ver Souville trabalhando no setor de esports, mas teremos que esperar para saber mais sobre seus futuros empreendimentos.

Source: Read Full Article

Classificação oficial da Liga Overwatch (cedo demais)

Até o fim de semana passado, apenas um punhado de equipes da Liga jogou partidas. Era difícil obter qualquer tipo de indicação quanto ao nível de habilidade de cada equipe e onde eles pertenciam em termos de classificação. Finalmente vimos todos os times da Liga Overwatch se apresentarem, e agora é hora de alguns bons e antigos rankings de poder. Os Grupos de Heróis mudam inerentemente a Liga Overwatch e colocam-na na posição em que podemos nunca ver algumas equipes jogarem todo o seu potencial. Os Grupos de Heróis reduzem o limite de habilidades de Overwatch e forçam as equipes a escolher entre duas metas improvisadas e determinar qual delas é mais forte.

20. Combustível de Dallas

No final deste ranking, tenho que colocar o único time sem vitória. Ainda não vimos o Fuel subir ao palco desde a primeira semana, mas o elenco parecia bastante despreparado. O Dallas Fuel é mais um desconhecido neste momento, sem indicação de quando eles vão jogar a seguir.

19. Houston Outlaws

O Outlaws de Houston teve uma corrida inexpressiva até agora este ano. A última vez que vimos os Outlaws jogando, eles sofreram uma derrota devastadora por 3 a 0 para o Paris Eternal, encerrando sua série de derrotas. Houston está na seção inferior desta lista porque é um time que dependerá fortemente de grupos de heróis para vencer nesta temporada.

18. Revolta de Boston

A Revolta de Boston está em uma sequência de derrotas, e a equipe parece não conseguir terminar as lutas e garantir uma vitória. No fim de semana, vimos o quão perigoso é Hanzo Tae-hee "Jerry" Min e como sua equipe não o apoia. A revolta luta para converter mortes em vitórias, com o tanque principal Cameron "Fusions" Bosworth sendo pego e colapsando com a pressão.

17. Toronto Defiant

O Toronto Defiant bateu o pé neste fim de semana e conseguiu uma vitória impressionante contra o Levante. A lista de desafiantes tem um imenso potencial, é apenas uma questão de fazer a equipe causar o caos juntos. Eles são hábeis em causar desordem entre a equipe inimiga, mas o principal problema para eles é o acompanhamento e a consistência.

16. Florida Mayhem

O Mayhem da Flórida é outra das equipes que dependerão de grupos de heróis para ganhar posição na Liga. Quando enfrentou o Atlanta Reign, Jun-soo "Kris" Choi disputou sua equipe na linha de trás, permitindo que os jogadores da linha de frente mantenham o objetivo. A questão em andamento contra uma equipe agressiva como o Atlanta Reign é que os esforços de Yaki não foram suficientes. Jogar com uma meta de escudo duplo mostrou as fraquezas de sua lista, especialmente contra um time bem versado nela. Se o resto do Mayhem se posicionar agressivamente, eles podem se sair bem na Conferência do Atlântico.

15. San Francisco Shock

O que antes era o melhor time da Liga agora luta para quebrar o top 10. O San Francisco Shock parecia completamente desarrumado, caindo em situações em que eles deveriam ter tido vantagem. Independentemente de se tratar de grupos de heróis ou férias prolongadas, os ex-campeões precisam intensificá-lo. O que deveria ser um esquadrão que pudesse jogar qualquer coisa, está falhando em lidar com equipes de nível intermediário. Com o tempo, o esquadrão poderia aprender a se ajustar e cair no tranco mais uma vez. Por enquanto, as coisas parecem sombrias para os fãs do Shock.

14. Justiça de Washington

A Justiça teve algumas semanas difíceis no mês de abertura da Liga Overwatch. A habilidade individual dos jogadores permite que um estilo de jogo agressivo funcione, mas ao enfrentar equipes como o NYXL, o caos controlado não faz nada por eles. A Justiça teve tempo para praticar e, esperançosamente, elaborar uma estratégia para maximizar possíveis aberturas quando Corey "Corey" Nigra ou Ethan "Stratus" Yankel dispararem.

13. Gladiadores LA

É um momento decente para ser fã dos Gladiadores após sua apresentação no fim de semana. Apesar da derrota contra a dinastia de Seul, Gia Huy "Chris" "MirroR" Trịnh é um monstro absoluto, usando Doomfist para desmantelar completamente a oposição. A equipe está fortemente inclinada às habilidades de MirroR e Ji-hyeok "birdring" Kim, mas contra a dinastia, isso não foi o suficiente. A linha de tanques dos Gladiadores são jogadores comprovados, mas Indy "SPACE" Halpern não conseguiu resultados em Zarya.

12. Carga de Guangzhou

O Guangzhou Charge pode ser o ranking mais baixo das equipes chinesas, mas ainda assim, uma equipe que tem desempenho comprovado. Eles tiveram dificuldades contra o Shanghai Dragons no sábado, mas não há muito o que fazer quando Byung-sun "Fleta" Kim está rasgando um novo por uma hora seguida. Contra a faísca de Hangzhou, o Charge jogou um jogo lento, calculando seus movimentos e retirando uma série de cinco mapas apenas para mal perder. Uma derrota nunca é culpa de ninguém, mas Charlie "Nero" Zwarg foi pego na abertura ou no meio das lutas, muitas vezes interrompendo-se para lutar com o inimigo Zenyatta e perder. Seu colega de dano, Jung-woo "Happy" Lee, compensou os erros e fez um show como Hanzo.

11. Dragões de Xangai

Os Shanghai Dragons tiveram um fim de semana tumultuado, varrendo o Guangzhou Charge por 3 a 0 e perdendo por 3 a 0 para os Caçadores de Chengdu. Como mencionado anteriormente, Fleta fez a diferença na partida contra o Charge, destruindo a linha de trás e forçando o inimigo a jogar no seu ritmo. Os Dragões de Xangai lutaram contra os Caçadores, sendo levados ao limite e sendo forçados a lidar com uma lista ágil e caótica. Os dragões lutam quando não conseguem manter o ritmo das lutas, parecendo cada vez mais perturbados com o decorrer das partidas. Os Dragões não tinham como lidar com um Faraó adversário, e Jae-venceu "LIP" Lee pode precisar de mais tempo com a equipe para se adaptar totalmente a cenários desfavoráveis.

10. LA Valiant

Foi um final de semana esperançoso para as equipes do sul da Califórnia neste final de semana, apesar de cada uma ter uma vitória e uma derrota. O LA Valiant, no entanto, parecia ser um concorrente feroz no futuro. A dupla de danos de Kai "KSP" Collins e Kyle "KSF" Frandanisa colocou em seu quinhão de trabalho, forçando o Shock a jogar seu jogo no seu ritmo. Os Valentes prosperaram em jogar separados um do outro. Focalizando um inimigo específico e recuando, apenas para voltar e limpar o resto do inimigo. KSP em McCree e Caleb "McGravy" McGarvey no Sigma foi uma bela demonstração de como os kits de ferramentas dos dois combinados podem levar a efeitos devastadores. Ainda não sabemos como o Valiant lidará com grupos de heróis, mas apenas o tempo dirá.

9. Hangzhou Spark

Hangzhou é uma equipe que espero fazer bem na Liga, apesar da derrota para o Guangzhou Charge. Na região da China, as equipes estão jogando alinhamentos em ritmo acelerado e caóticos que prosperam nos inimigos apanhados. O jogo Spark espalhou bastante algo que os Caçadores de Chengdu lutaram para lidar. O que tornará esse esquadrão excelente é o seu jogo mais lento e calculado, mergulhando nos companheiros de equipe em apuros e fechando as oportunidades inimigas. As batalhas de desgaste foram muitas vezes vencidas pelo Hangzhou Spark graças à peça Mei de Jaehwan "Adora" Kang. Mei está proibida de entrar na próxima semana, então Adora estará evoluindo para ter sucesso.

8. Reinado de Atlanta

O Atlanta Reign simplesmente se divertiu neste fim de semana, reivindicando uma vitória fácil contra o Mayhem da Flórida. Um dos pilares de sua peça foi Xander "Hawk" Domecq, da Sigma, que causou pequenas quantidades de dano por salpicos, tornando mais fácil para Tae-Hoon "Edison" Kim entrar na briga. Sigma ser capaz de rebater seu fogo primário em torno das paredes era crucial para navegar na peça de escudo duplo que vemos na Conferência do Atlântico. O Reign ainda não conseguiu uma vitória considerável nesta temporada, mas a esperança é que os grupos de heróis lhes ofereçam flexibilidade.

7. Spitfire de Londres

Antes deste fim de semana, o London Spitfire permaneceu consistente acima de tudo. O time não joga há quase um mês, mas, dada a lista, você pode esperar que o time funcione normalmente. O Spitfire tem uma lista pronta para 11 jogadores, cada um com seu próprio conjunto de habilidades. Acredito que o Spitfire de Londres esteja gastando tempo para praticar escalações alternativas e manter os jogadores de dano atualizados entre as mudanças.

6. Caçadores de Chengdu

Se Thanos fosse um time da Liga Overwatch, ele seria o Caçador de Chengdu. Esses rapazes loucos causam caos em todos os lugares, forçando as equipes a "brincar como se tivessem abelhas nos ouvidos" para citar Bren. Esse esquadrão é cheio de talentos que se saem excepcionalmente bem por conta própria, mas se juntam para criar situações invencíveis para a oposição. É provável que Chengdu não seja afetado por grupos de heróis, dadas as composições estranhas que tocam. Neste fim de semana a equipe jogou Genji, Pharah, Brigitte, Wrecking Ball e Mercy, jogando fora os Dragões de Xangai e Hangzhou Spark. Quando os Caçadores jogaram o que poderia ser considerado meta contra o Hangzhou Spark, eles foram derrotados e lutaram para causar impacto. Enquanto Hunters joga com o que eles se sentem confortáveis, a temporada parece promissora.

5. Paris Eterna

Não duvide da eterna Paris nesta temporada. A equipe estava quente no mês de abertura da Liga Overwatch e tem sido mais do que provável moendo com uma variedade de heróis a serem preparados. O elenco do Eternal é jovem e tem fome de uma formação que rivaliza com a maioria das equipes nesta lista. Há dúvidas de que os grupos de heróis afetarão negativamente o Eterno e estamos perto de estar a um mês de distância até Yeong-han "SP9RK1E" Kim ter idade e poder jogar na Liga. O Paris Eternal é como um bom vinho, só espera que melhore com o tempo.

4. Vancouver Titans

O Vancouver Titans está invicto com duas vitórias nesta temporada, as quais foram conquistadas na primeira semana da Liga. Sim, os Titãs têm um esquadrão louco com potencial para continuar seu reinado de terror desde a última temporada. A ressalva para eles serem o quarto é que eles jogaram apenas duas partidas, uma foi uma série de cinco mapas contra o LA Gladiators e a outra uma vitória por 3-0 sobre o LA Valiant. Olhando para as duas equipes de Los Angeles agora, os Titãs podem não ser tão dominantes quanto pensávamos anteriormente. Já se passaram quase dois meses desde que os Titãs jogaram, e será preciso uma vitória com os grupos de heróis para ser um time convincente dos três primeiros.

3. Philadelphia Fusion

O Fusion jogou o Paris Eternal pela última vez, perdendo a partida em cinco séries fechadas de mapas. O Fusion sempre traz calor para suas partidas, forçando as equipes inimigas a se adaptarem rapidamente. Será intrigante ver como o Fusion se adapta aos pools de heróis, mas esse esquadrão tem um histórico de apresentar um show. O verdadeiro teste do poder do Fusion será contra algumas das equipes do Pacífico e seus estilos de jogo caóticos. Por mais que o Fusion queira correr pela Conferência do Atlântico com facilidade, será interessante ver se eles conseguem enfrentar Chengdu e Seul.

2. Nova Iorque Excelsior

O NYXL não deve ser subestimado nesta temporada, fazendo uma forte corrida nas primeiras semanas. A equipe de veteranos intimidou a maioria das equipes de sua região, mas o verdadeiro teste de sua habilidade será enfrentar os Vancouver Titans e a Dinastia de Seul. Sabe-se que o NYXL é inconsistente em suas jogadas, e as mudanças no pool de heróis podem forçá-los a se adaptar de maneiras que não funcionam bem com sua lista. A equipe tem alta habilidade mecânica, mas a grande questão é se eles se adaptarão tão rapidamente quanto as outras cinco principais equipes. Mais do que isso, a equipe conseguiu vitórias mais consistentes do que outras equipes da liga até agora, tornando-as um número fácil.

1. Dinastia de Seul

Tudo bem, meninos e meninas do Reddit, é hora de colocar meu número controverso nesta semana e vai para a dinastia de Seul. Sim, o time jogou apenas duas partidas, mas parecia absolutamente louco. As novas adições à lista feita na entressafra os prepararam para reivindicar as vitórias que merecem. Observar a Dinastia de Seul tratar os Valentes e Gladiadores, como as equipes dos Contenders, coloca um sorriso no meu rosto. Muitos vão falar sobre as adições de Jae-Hui "Gesture" Hong, Seung-Tae "Bdosin" Choi e Jun-Young "Profit" Park do campeonato London Spitfire, mas o verdadeiro poder dessa lista vem do já existente Membros da dinastia de Seul. Min-seo "Marve1" Hwang assumiu seu papel de fora-do-tanque com graça, realizando uma aula de mestre em Sigma no fim de semana. Claro, Seul pode ter surgido neste fim de semana, em parte, ao ponto de voltar a competir, mas se você duvida do potencial desse time este ano, prepare-se para ficar desapontado.

Devido à natureza da Liga, as bolhas nas quais algumas equipes jogam são pequenas. Sob as restrições atuais, além dos grupos de heróis, será difícil obter uma verdadeira medida do nível de habilidade das equipes. A maioria dos fãs está feliz por ter a Liga de volta e ver alguns de seus jogadores favoritos aparecerem.

Source: Read Full Article

Como Ganhar Dinheiro no Esports

Você provavelmente já viu quanto dinheiro as pessoas estão ganhando no esports, principalmente se você seguir jogos individuais como LoL, Starcraft, FIFA e Fortnite. Existem até milionários. Você quer ser o próximo milionário do esports? O problema é que esta é uma tarefa difícil. Afinal, milhões de pessoas jogam esses jogos e muitos deles sonham em torná-lo grande também. Mas há apenas espaço para alguns no topo. Mesmo assim, você ainda pode ganhar um pouco mais de dinheiro jogando jogos a dinheiro em vários sites competitivos. Esse é o passo ANTES de ingressar em uma equipe profissional ou ganhar um torneio de prêmios de um milhão de dólares. Mesmo assim, você pode estar procurando algumas dicas sobre como ganhar dinheiro no esports. Se você é, então você está no lugar certo.

Vamos dar uma olhada em suas opções e em algumas dicas se você quiser se tornar lucrativo:

1. Encontre o seu nicho

Existem muitos jogos diferentes, e é difícil ser bom o suficiente para ganhar muito dinheiro o tempo todo. Isso ocorre porque a prática é importante, que veremos em um minuto. E você precisará praticar muito no jogo escolhido se quiser se tornar realmente bom. Escolha algo de que goste, pois você gastará muitas horas. Também deve ser algo em que você já é razoavelmente bom. Você deve estar acostumado a ganhar em servidores gratuitos e contra outros jogadores recreativos.

2. Pratique muito

A prática é TÃO importante nos esports. Você precisa tratá-lo como um esporte profissional se quiser se tornar realmente bom. Porque é isso que é. Não exagere e certifique-se de cuidar de outras prioridades, mas pratique com frequência para se tornar bom.

3. aposta

Muitas pessoas acham essa opção como a melhor. Eles se tornam bons, tentam a sorte e apostam. Se você quiser apostar, precisa saber sobre apostas, ler comentários, etc. Efirbet poderia ser uma boa opção para começar.

4. Obtenha o equipamento certo

Seu computador e sua conexão com a Internet são realmente importantes se você quiser jogar competitivamente em casa. Problemas com atraso ou FPS podem custar dinheiro, por isso, verifique se você possui uma boa plataforma.

5. Escolha o nível certo de jogo

Não comece jogando por dinheiro contra os melhores jogadores. Comece por baixo e nunca gaste mais dinheiro do que pode perder. Deve ser uma fração da sua banca.

6. Tenha uma banca

O gerenciamento de banca também é fundamental. Certifique-se de colocar apenas uma fração da sua banca para não ficar à mercê de grandes variações de variação. Isso deve ser levado a sério o tempo todo.

7. Obter patrocínio

Se você está acostumado a ganhar dinheiro em jogos online pagos, pode estar pronto para a próxima etapa. Se você quiser sair do seu emprego diário, pode fazer o patrocínio. É difícil de conseguir, mas pode fazer uma grande diferença no tamanho que você pode se tornar. Empresas maiores estão se envolvendo em esports para que o potencial aqui possa crescer nos próximos anos.

8. Junte-se a uma equipe profissional

O auge do esports é se juntar a uma equipe profissional. Enquanto muitos esportes como o Fortnite podem ser praticados individualmente, alguns outros exigem jogos em equipe no topo. Se você realmente quiser se tornar um profissional, precisará ingressar em uma equipe profissional.

Você certamente viu como os grandes e-sports se tornaram nos últimos anos, com prêmios maiores e um público muito maior. Parece que isso continuará nos próximos anos e você poderá ganhar algum dinheiro com isso se for bom o suficiente.

Source: Read Full Article